John Mayer lança single Love on the Weekend

Ontem, 17 de novembro, meu lindinho John Mayer lançou uma nova música depois de três anos! Sinal de que tem álbum no forno, intitulado de The Search for Everything, chegando logo logo pra eu matar a saudade!

John fez um Live no Facebook com perguntas e respostas. Lá fui eu tentar a sorte de novo com mais uma questão. As minhas perguntas (Qual a principal diferença entre o novo álbum e os dois últimos?/Como é ser um músico em uma época de tanta música sintética?) não foram lidas, mas, de certa forma, ele respondeu. Continue reading “John Mayer lança single Love on the Weekend”

Relato de uma fã feliz

Eu estou nas nuvens. NAS-NU-VENS!

Hoje (ou ontem, já que já passou da meia-noite) o John Mayer fez um tipo de bate-papo com seus fãs através do Tumblr. Isso foi anunciado na quarta-feira e lá fui eu fazer um ~tâmbler~.

O mais engraçado é que naquele dia, eu estava ouvindo um álbum ao vivo dele, bem antigo, e fiquei com uma pergunta na cabeça. Eis que quando acesso a internet tem essa informação. Pensa numa pessoa que já ficou feliz só de poder vislumbrar a possibilidade. Continue reading “Relato de uma fã feliz”

Rock in Rio! Eu FUI!

Agora que consegui parar pra escrever, talvez possa dizer um pouco como foi o show do meu lindo John Mayer…

Eu comecei o show chorando compulsivamente porque até o show do Phillip Phillips (que foi maravilhoso, diga-se de passagem) eu estava razoavelmente perto do palco. Mas foi acabar o show dele e parece que o espaço ficou menor, dei dois passos pra frente e comecei a passar mal com falta de ar e sede (No lugar onde eu estava não chegavam os caras vendendo água e a burra aqui esqueceu de colocar na mochila). Foram dois passos que eu gostaria de nunca ter dado. Resultado, eu passando mal com falta de ar, uma sensação claustrofóbica, meu namorado também com a pressão baixando, resolvemos sair. Só que eu não fazia ideia de que aquele mundo de gente não tinha fim. Conseguimos sair, beber água e melhorar, mas aí faltava pouco pro show começar. Continue reading “Rock in Rio! Eu FUI!”

Renascido

John Mayer se reinventa e traz álbum diferente do que já fez

John Mayer Born and Raised

Born and Raised saiu há quase dois meses e se você ainda não ouviu, deveria. Eu mesma demorei um pouco para ouvir o novo cd de John Mayer e me arrependi de não ter feito isso antes. Fiquei surpresa com a diferença de som desse disco para os anteriores. Muito mais folk, meio country (pra não dizer caipira) e diferente. Antes que alguém me julgue, eu não sou a maior conhecedora das peculiaridades de gênero musical, mas eu gosto de ouvir música e sou apaixonada pelo cantor em questão.  O fato é que o som me cativou. Continue reading “Renascido”

Kisses on the Bottom

Hoje escutei o novo álbum de Paul McCartney e simplesmente A-DO-REI. Totalmente diferente do que já ouvi dele. Músicas muito gostosas de ouvir e ainda não testei, mas também deve ser uma delicia ouvir a dois.


As músicas são, em sua maioria, regravações ou homenagens, como ele próprio prefere dizer. O álbum conta apenas com duas composições de Paul, My Valentine e Only Our Hearts. Nesse compacto o ex-Beatle decidiu fazer uma homenagem ao jazz e o fez brilhantemente.  Ao meu ver, a voz dele combinou perfeitamente com o estilo sem perder aquele “jeitinho beatle de ser”.

Este trabalho é uma homenagem aos grandes cantores de jazz e segundo Paul, o resultado é fruto da vontade dele em regravar canções que ouvia seus pais cantarolarem. Não dá pra não lembrar de Fred Astaire ao ouvir as músicas. Dá até vontade de dançar!

E tem mais uma peculiaridade. Diferente de todos os outros álbuns, nesse Paul apenas cantou. Em My Valentine mesmo, o solo de guitarra é feito por ninguém menos que Eric Clapton. E pra variar é lindo.

Eu sei que ele não compôs a canção Get Yourself Another Fool, mas ela casa perfeitamente com a situação com sua ex. Vai achar outro otário Heather 😉

De My Valentine não precisa nem falar né? Uma declaração super fofa de amor. E essa ele escreveu para Nancy, até então “amiga” em uma viagem que fizeram ao Marrocos. Era dia dos namorados (Valentin’s Day)  e chovia. Acho que isso explica a primeira estrofe “What if it rained?/ We didn’t care/She said that someday soon/The sun was gonna shine./And she was right,/This love of mine,/My valentine.


A música foi tocada na primeira dança do casal como marido e mulher. Não é lindo?

Bom, eu não tenho um conhecimento musical avançado para fazer comentários técnicos, mas como boa ouvinte que sou, o cd está aprovadíssimo!!

Essas são as músicas no novo álbum, vale a pena ouvir 😉

1. “I’m Gonna Sit Right Down and Write Myself a Letter”
2. “Home (When Shadows Fall)”
3. “It’s Only a Paper Moon”
4. “More I Cannot Wish You”
5. “The Glory of Love”
6. “We Three (My Echo, My Shadow and Me)”
7. “Ac-Cent-Tchu-Ate the Positive”
8. “My Valentine”
9. “Always”
10. “My Very Good Friend the Milkman”
11. “Bye Bye Blackbird”
12. “Get Yourself Another Fool”
13. “The Inch Worm”
14. “Only Our Hearts”

É isso… Kisses on the bottom hehehehe