O que se sabe sobre a adaptação de Os Bridgertons na Netflix?

Se você não esteve dentro de uma bolha nos últimos meses, sabe que Shonda Rhimes e Netflix anunciaram uma adaptação dos livros Os Bridgertons, da Julia Quinn. Há poucas informações sobre a série televisiva, elenco ou até mesmo como as histórias, algumas acontecendo simultaneamente, serão apresentadas. Por isso, resolvi reunir certas “evidências” que peguei no Instagram do produtor da série, Chris Van Dusen.

Locações

Althorp House
Althorp House

Foi no Instagram dele que vi a Hatfield House, o que já gerou um burburinho sobre a possibilidade dela ser usada para alguma casa ancestral da série, como Aubrey Hall ou alguma outra grande casa. Mas, há mais fotos do Instagram de Chris que podem dar pistas sobre outras possíveis locações.

Uma que chamou a minha atenção foi Althorp Hall – a foto acima é do local, mas aqui você confere o clique de Chris – casa de ninguém menos do que a família Spencer (sim, a mesma da Princesa Diana e inclusive é lá que ela está enterrada). A casa de tijolos amarelos, quase avermelhados dependendo do sol, encaixa ainda mais do que Hatfield House na descrição de Aubrey Hall.

Chris também passeou por Mayfair, postando um clique da Grovernor Square e uma  imponente casa (Alô, Duque de Hastings). E a gente sabe que Mayfair é o território principal das aventuras dos Bridgertons, já até falei aqui no blog sobre isso.

Aliás, neste sábado, 1 de junho, ele publicou uma nova imagem em frente ao Blenheim Palace (e quase me matou do coração no melhor estilo “falando no diabo”, porque subiu uma notificação dele enquanto escrevia esse post).  A foto de abertura do post é desse lugar ~humilde~.

A propriedade é casa ancestral da família de Winston Churchill (ele é neto do 7º Duque de Marlborough e tio-avô do atual) e o vilarejo próximo já recebeu filmagens de Downton Abbey. Será que encontramos Clyvedon Castle? Afinal, o palácio é grande o suficiente para passar pelo castelo da família Basset. E como a história de Simon e Daphne é a primeira da série de livros, não é difícil entender porque estamos vendo tantas referências ao Duque de Hastings.

As filmagens já começaram? 

Possivelmente, sim; provavelmente, não. No dia 11 de maio, Chris postou uma imagem de um mapa de bordo, que mostra o trajeto que o avião está fazendo. Na legenda, ele confirma que está deixando Los Angeles por um tempo, já que tem um show a gravar. Ele também postou uma foto no Dia das Mães nos jardins do Kensington Palace, então possivelmente aproveitou para turistar um pouco. Se as filmagens ainda não começaram, a produção deve estar trabalhando nos últimos detalhes, fechando tudo para começar assim que possível.

Qual será o elenco? 

Essa, infelizmente, é uma pergunta sem respostas. A série está muito envolta em mistérios e os perfis que consegui descobrir de pessoas que podem fazer parte não dão muitas pistas. Chris é o único, eu acho, que posta algo de vez em quando, ainda que sem relacionar as fotos com a série. (Isso é trabalho de nós, fãs, mesmo!).

Eu sinceramente acredito que os atores serão escolhidos a dedo e, possivelmente, serão rostos novos. Acho que grandes nomes da dramaturgia podem aparecer, mas nos personagens mais velhos (Dame Maggie Smith como Lady Danbury? YES PLEASE).

Já há data de estreia?

Não. Uma produção de época dá muito trabalho, tanto pela escolha das locações como figurinos, objetos de cena, etc. Portanto, ainda que o roteiro esteja finalizado e Chris já esteja no Reino Unido tocando a produção, não se sabe exatamente em que pé está. Uma possibilidade é que a figurinista de diversas séries da ‘Shondaland’, Lyn Paolo, seja escalada. Ela postou uma foto de um trailer de figurinos vazio e a na legenda afirmou que mal pode esperar para ver o que esse espaço armazenará.

Pode ser esticar demais a história, mas talvez ela faça a produção do figurino?

Ela está nos EUA, mas como não sei se todas as filmagens serão feitas no Reino Unido, pode ser possível que as roupas sejam organizadas na terra do Tio Sam e depois levadas para a Inglaterra. Não sei nada sobre a logística de fazer uma série, além de que deve ser complicado pra caramba, mas não me parece tão impossível.

E agora? 

Agora, nos resta esperar. Mas, esse assunto nunca está muito longe da minha mente e eu sempre procuro algo nos perfis que sei que estão envolvidos. O talento pra stalkear alguém nunca foi tão importante hahaha stalkeei até a mãe. E para aproveitar o embalo, nas próximas semanas trarei os posts sobre Bleinhem e Althorp, duas casas que sempre quis escrever e deixava pra depois.

UPTADE EM 19/6: Julie Andrews foi escolhida para ser a voz de Lady Whistledown na adaptação, serão oito episódios, previstos para 2020. 

Não esqueça de curtir a página do Costurando o Verbo no Facebook!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s