Precisamos falar sobre Daniel Day-Lewis

giphy (19)

No último domingo, o filme Trama fantasma ganhou um Oscar na categoria Melhor Figurino. Daniel Day-Lewis, o ator principal, não levou um troféu para casa, mas deixou sua marquinha em meu coração. Confesso que eu sempre o achei um grande ator, mas, depois de assistir ao filme (recomendo, muito bom de um jeito perturbador), fui procurar um pouco mais sobre ele. E achei fotos para deixar qualquer uma babando!

Eu acho que já virou uma série essa coisa minha de precisar falar de determinado ator. Então, precisamos falar sobre Daniel Day-Lewis. 

Continue reading “Precisamos falar sobre Daniel Day-Lewis”

Precisamos falar sobre Colin Firth jovem

Colin-Firth

Na quinta-feira, eu acordei com um post maravilhoso sobre o Colin Firth jovenzinho. E não é sobre Colin Firth em Orgulho e Preconceito, pois ali ele já tinha 35 anos. É ainda mais novo!

Em tempo, aquela pequena biografia: Colin nasceu em Grayshott, na Inglaterra, em 10 de setembro de 1960. Ele é casado com Livia Giugioli e tem três filhos: William (da relação com Meg Tilly), Luca e Matteo (do casamento com Livia). E, não sei se você reparou, mas o aniversário dele foi essa semana! Podemos dizer que ele é como um vinho, que só fica melhor com o tempo, e não vamos mentir né: ele é continua lindo, mesmo cinquentão

Continue reading “Precisamos falar sobre Colin Firth jovem”

Precisamos falar sobre Dan Stevens

Eu sei, eu sei, talvez eu esteja um pouco obcecada com Dan Stevens. E, sinceramente, não é por causa de A Bela e A Fera. Uma breve biografia: ele é de Croydon, na Grande Londres (por que será que amo?), nasceu em 10 de outubro de 1982, é muito bem casado com Susie Harriet (que pelo que pesquisei, é cantora de jazz e também já atuou em musicais). O casal tem três filhos, que devem ser as coisas mais lindas desse mundo, com dois faroletes no lugar dos olhos, pois ambos os pais tem olhos azuis.

Já o conhecida desde Downton Abbey. Me apaixonei perdidamente por aqueles lindos olhos azuis nas primeiras cenas em que ele e Mary trocam farpas. Tanto é que depois que ele saiu da série, nunca mais consegui assistir. Ele queria alçar novos vôos e tenho plena certeza de que está chegando a novas altitudes a cada ano que passa.

DOWNTON
Para mim, é o perfeito Hugh Prentice (A soma de todos os beijos, Julia Quinn)

Recentemente, a minha febre voltou com a espera por sua interpretação como a Fera. E não me decepcionei nem um centésimo. Há quem diga que foi uma Fera morna, que não viu graça. Sei lá que filme esses pessoas viram, mas não foi o mesmo que eu! Apesar de todo aquele pelo em CGI, via as expressões rabugentas dele ou quando os olhos sorriam. Quando fiquei sabendo que elas foram gravadas separadamente e o quanto todo o processo de se tornar Fera foi desafiante para ele, fiquei ainda mais admirada.

Continue reading “Precisamos falar sobre Dan Stevens”