Sábado a noite, sozinha…


Cansei.
Cansei das mesmas emoções vazias e sem sentido. Isso é para mim como um tipo de droga. Faz bem naquele momento, dá uma brisa sem igual, uma felicidade instantânea, que se esvai com o sono. Será possível ser viciada em sentir? Nem digo em amar, porque há tempos não sei mais o que é isso. Mas e sentir? Emoções são tão superficiais e tão fugazes como uma volta numa montanha russa.

Eu assumo que sou romântica. A mulher que não se abala, que o coração não aperta ou que não sente borboletas no estômago que me desculpe, mas ou tem algo de muito errado ou você foi denominada com o sexo errado.

Sentir, amar, ser romântica é algo excessivamente feminino. E quando não há nada novo, nós mexemos em emoções antigas, como alguém que fuma uma bituca… E, cara, isso é muito chato! Talvez eu esteja fadada a sentir demais… e por isso  querer sempre sentir coisas novas. E isso é muito dificil! Esse mundo está cada vez mais monótono.

Depois minha mãe me fala que eu sou boba, porque ela arrumava um namorado atrás do outro, e que se o cara era interessante ela “aprendia a gostar”. Porra! Eu nunca consegui fazer isso. JAMAIS aprendi a gostar de alguém desse jeito. Sempre que tento “me forçar” a sair com um cara porque ele é um “tipão” (inteligente, charmoso, educado, blablacoisasdemaeblablabla) eu acabo pegando raiva do cara… Não consigo nem simpatizar direito. E bem que eu queria.

Porque eu não sinto falta de beijo, sinto falta de carinho; não sinto falta de abraço, sinto falta de segurança e proteção; não sinto falta de ter alguém na minha cama, mas sinto falta da cumplicidade que isso implica. As relações, atualmente, são muito automáticas e visam apenas massagear egos e personalidades. A vaidade tomou conta e tudo não passa de um jogo.

É, acho que eu nasci na época errada. Ou não.

PS: Isso que dá ficar em casa ouvindo John Mayer, comendo besteira e lendo fanfics… Programa de solteirona desiludida mode on, mas eu não quero isso pra minha vida. DE JEITO NENHUM! Hahaha (rindo da própria desgraça ¬¬)

PS2 (que não é o Playstation, rara ¬¬): Era isso ou ir ao show do Oswaldo Montenegro, SOZINHA e pensar no meu ex. Prefiro pensar só na minha solidão =D

[Calma Manu, 2011 tá só começando ;)]

3 thoughts on “Sábado a noite, sozinha…

  1. Encontrei o post digitando no google “Sozinha em um sábado a noite” tentando buscar algum consolo para a minha situação deprimente.

    … É acho que eu nasci na época errada. Ou não. (3)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s