Leituras de 2018 – Maio

Maio passou voando e mal tive tempo de escrever isso aqui! Cá estou eu para mais uma lista de leituras do mês e dessa vez, estou ~de volta pro meu aconchego~: era regencial! No final de abril, eu li (quer dizer, reli) o primeiro livro da série Os Bedwyns, da Mary Balogh. Mas, para não misturar e deixar o pobrezinho sozinho sozinho lá no post de abril, deixei para falar dessa família linda toda de uma vez. Vamos lá!

Continue reading “Leituras de 2018 – Maio”

Julia Quinn no Brasil – Eu fui!

Os Bridgertons são uma das famílias mais amadas da literatura atualmente. Digo isso sem medo de errar, pois os livros escritos por Julia Quinn e publicados no Brasil pela Editora Arqueiro são recorde de vendas. A própria editora, cativada pelo sucesso, já anunciou que comprou os direitos dos outros romances de Julia, mas ainda não se sabe quando serão publicados. Para os mais desavisados (leia-se: meus amigos lindos que vêm até aqui me dar uma forcinha), a Arqueiro publicou este ano uma nova série, chamada Quarteto Smythe-Smith. 

Quem já leu os Bridgertons treme ao ouvir esse nome. Trata-se apenas do evento mais temido (e ainda assim lotado) da alta sociedade londrina! Todo ano, o musical do Quarteto Smythe-Smith atrai uma audiência sofredora para a interpretação de uma obra. O detalhe: elas tocam terrivelmente mal e (algumas delas) sabem!

Continue reading “Julia Quinn no Brasil – Eu fui!”