Qual será a classificação etária de Bridgerton?

Além da data de estreia, outra informação que corrói o fandom de Bridgerton de curiosidade é qual será a classificação indicativa da série. Um tempo atrás, alguns fãs notaram que a informação +13 apareceu na página destinada à Bridgerton no catálago da Netflix e as especulações começaram. Será que teremos as cenas quentes que tantos fãs adoram nos livros?

Nessa semana Nicola Coughlan, que vai interpretar Penelope Featherington, revelou em entrevistas que a série é um drama de época que você preferiria não assistir ao lado de sua avó. “É muito ousado, certamente não é um drama de época para assistir com sua avó. Se você assistir com ela, talvez se esconder atrás de uma almofada seja provavelmente a melhor coisa a fazer.”

Essas dicas dadas por Nicola Coughlan nas entrevistas desta semana nos levam a crer que Bridgerton terá cenas picantes, sim.

Mas, de qualquer modo, a classificação pode ser em 14 ou 16. Isso porque cada faixa etária têm níveis aceitáveis de sexo, nudez, violência e drogas.

A seguir, confira exatamente o que cada classificação indicativa permite. Colocamos também o que seria mais ou menos o equivalente nos EUA, mas tenha em mente que não é regra, é só uma aproximação.

Menores 12 anos (equivalente ao PG nos EUA)

Cobra Kai tem sua dose necessária de violência, sem ser ofensivo

Séries com essa classificação tem atos violentos, mas que não sejam gráficos. Morte natural ou acidental com violência, presença de sangue, situações degradantes, entre outras. São permitidas cenas com nudez velada, insinuação sexual e masturbação não explicita, palavrões e simulação de sexo. É permitido até apresentar consumo de drogas, medicamentos, menção à drogas ilícitas e discussões sobre legalização.
Séries com essa classificação: Cobra Kai e Anne With an E

Menores de 14 anos (equivalente ao PG+13 nos EUA)

Como não lembrar da cena hilária de todo mundo louco com os cookies da Michelle?

Aqui o nível começa a aumentar. È permitido morte intencional, preconceito, exploração sexual, nudez moderada, erotização, relação sexual e prostituição. É permitido também a insinuação ao consumo de drogas ilícitas, descrições verbais do consumo e tráfico. 
Séries com essa classificação: Mary Shelley, Sherlock e Derry Girls.

Menores de 16 anos (Equivalente ao R nos EUA)

Jamie do Céu

Agora o que era apenas uma insinuação se torna mais explícito, apresentado em cena. Crimes de ódio, suicídio, tortura, mutilação, banalização da violência e até violência gratuita. A nudez total é permitida, bem como cenas intensas e longas de relações sexuais. No quesito drogas, é permitido apresentar produção ou tráfico de qualquer droga ilícita, consumo e indução ao consumo de drogas ilícitas. 
Séries com essa classificação: Lúcifer, Cursed e Outlander

Maiores de 18 (Equivalente ao NC-17 nos EUA) 

Toss a coin to your Witcher ou ele te corta no meio

Para um filme ou série ganhar essa classficação, ela tem que ter coisas muito pesadas, como elogio ou apologia à violência, crueldade, cenas de sexo explicito, situações sexuais complexas, como incesto, fetiches, pornografias, e fazer apologia ou elogio no que diz respeito às drogas.
Séries com essa classificação: The Witcher, Versailles e Peaky Blinders

A gente só quer uns popôzinhos, uns abdomens, a cena do Benedict saindo do lago… e todas as outras

Perceberam como os níveis vão, aos poucos, subindo e mostrando cenas mais explícitas? Bridgerton vai ser picante, teremos o romance e a tensão sexual entre os personagens, mas não acreditamos que será a ponto de ter uma classificação +18. Dá pra apresentar muitas coisas e ter uma classificação 16 ou mesmo 14.

Até porque, quanto mais alta a classificação, menor é o público que pode assistir àquela produção (legalmente), logo, menor a rentabilidade. Sanditon, por exemplo, que é uma série que eu tenho certeza que tem o mesmo feeling de Bridgerton, tem classificação PG-13. E esse gif do Theo James diz tudo que eu preciso dizer.

Esse blog é parceiro da página Julia Quinn Brasil. Curta a página Julia Quinn Brasil no FacebookTwitter e Instagram para não perder nada!

Não se esqueça de curtir a página do Costurando o Verbo no Facebook!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s